15 de mai de 2010

COMO SE PROTEGER DO FRIO EM UMA TRILHA

Em uma trilha há vários fatores que influenciam e impossibilitam nosso aquecimento. É preciso ter em mente que não estamos no conforto de nosso lar e, cobertores não estão acessíveis. 
O melhor a fazer, é planejar sua trilha e verificar a temperatura média naquele período e se equipar. Sem esquecer que , para se arrumar a mochila, levamos "... o mínimo possível e o máximo necessário...", com isso, não seremos pegos de surpresa. Hoje, já existe uma grande oferta de material específico para esportes ao ar livre como sacos de dormir específicos para temperaturas negativas, roupas  próprias (chamadas de Segunda Pele) que retém o calor corporal sem impedir a transpiração e etc.
Mas, devemos estar preparados para os imprevistos, para as situações que fogem ao nosso controle e nos vemos sem os equipamentos para aquecer nosso corpo, para isso, aqui vão algumas dicas:

1- Utilize roupas em camadas:
Lembre-se que, três camisas sobrepostas aquecem mais que um casaco comum. As roupas em camadas, criam uma espécie de isolaçao térmica que mantém o calor

2- Aqueça as partes importantes:
Devemos nos preocupar com as extremidades que são a porta de saída de calor. Aquecendo ou somente protegendo estas partes, conseguimos ao menos, minimizar o prejuizo. Temos de nos preocupar principalmente com os pés, mãos, nuca e virilha. Estas partes são responsáveis pela maior perda de calor.
3- Jornal ou sacolas plásticas:
É quase impossível mas, se você possuir algumas folhas de jornal, pode ser uma boa solução. Vista a meia, enrole o pé em jornal e vista outra meia. Isso irá aquecer e manter o calor mas, se não houver jornal à mão, certamente você terá em sua mochila algumas sacolas plásticas (essas de mercado) para uso. Substitua o uso do jornal pela sacola. O plástico por ser material sintético não deve estar em contato com a pele assim como o jornal. Este artifício deve ser utilizado como uma camada entre as meias.

4- Alimentação:
Se você faz parte da "geração saúde" e gosta de alimentação ligth, diet, vegetariana etc, aqui vai um alerta! Em uma trilha, há uma enorme queima de calorias e nosso metabolismo se acostuma ao ritimo e esforço, exigindo uma quantidade maior de calorias! Principalmente carboidratos e potássio. O uso de massas e bananas um dia antes do início da trilha ajuda muito. E, quando se está em uma trilha longa, não esqueça a sua barrinha de cereais porém, não dispense as massas e carnes desidratadas ou liofilizadas. O alimento é o combustível do nosso organismo. Deixe sua dieta para a volta. Um corpo com bastante combustível, suporta melhor o frio.

5- Respiração:
A maior porta de entrada do frio em nosso corpo, é pela respiração. O ar frio entra em nosso organismo pela respiração e acelera MUITO a perda de calor. Não se esqueça de utilizar o cachecol para aquecer a nuca e também a boca e o nariz. Essa medida faz com que minimize o frio que entra em nosso corpo.

6- Bebidas:
Talvez a maior "Lenda Urbana" é que a utilização de álcool aqueça o corpo! Em  casa, você utiliza o álcool e se aquece ou fica próximo a uma lareira, causando uma falsa impressão. Na verdade o álcool ACELERA a perda de calor.  Ao ingeri-lo, provoca uma momentânea sensação de calor porém, alguns minutos depois, a perda é enorme. Não utilize bebidas alcoólicas NUNCA em trilhas. Além do calor, se estiver em local muito alto e com défcit de oxigênio, basta uma pequena dose para se embriagar. É um risco desnecessário!

7- "A união faz o calor":
Como última forma de se aquecer, utilize o próprio calor do corpo para aquecer o companheiro. Se o grupo estiver junto e abrigado do vento, há uma troca de calor corporal e evita-se a dissipação. Se você estiver em dupla, fique de costas e junte-as. Os braços cruzados a frente protege o plexo e, as costas unidas, mantém o calor. 

Mas estas dicas são apenas parte do problema. Tudo isso pode ser evitado com o conhecimento e pesquisa do local onde se irá acampar e verificar o tempo, condições da trilha e do terreno para onde se irá. Acidentes naturais podem se transformar em abrigos para uma norte ou uma mudança inesperada do tempo devido ao micro-clima.

Não esqueça de se preparar fisicamente, levar roupas próprias e ter alguém que conheça o terreno. Assim, sua preocupação será apenas de curtir e tirar muitas fotos!

Grande abraço e boas trilhas!