10 de fev de 2011

DICAS PARA A TEMPORADA DE TREKKING E MONTANHISMO 2011

Com a proximidade do Outono e com isso, a abertura da temporada de Trekking e Montanhismo de 2011 (informo assim que for marcada a data do evento), vale começar a pensar  nos assessórios básicos para aproveitarmos bem todas as oportunidades de conhecer lugares que, a maioria das pessoas, nunca irá conhecer.
A região sudeste é abençoada com diversos Parques Estaduais (PE) e Parques Nacionais (PN) e não queremos perder essas oportunidades por falta de algum equipamento básico pessoal.
Quando pensamos em trilhas, devemos dividi-las em duas opções:

TRILHAS CURTAS ou "BATE E VOLTA"
Para esse tipo de trilha, não se faz necessário o uso de muitos equipamentos passoais. Um confortável tênis, uma mochila simples e um boné, suprem muito bem na maioria dos casos.
São trilhas que se começa bem cedo e, a tarde, já estaremos de volta. Um lanche leve, água (ou um isotônico) uma barra de cereal e uma câmera digital são suficientes para um dia bem aproveitado e com muitas fotos tiradas de ângulos que poucos terão em seus álbuns.

TRILHAS COM PERNOITE
Neste caso, torna-se indispensável  o equipamento pessoal básico.


MOCHILA CARGUEIRA:
Ela deverá acomodar TODOS os itens necessários para a trilha, como barraca, alimentação, saco de dormir, agasalho etc.
Deve ser prática, resistente, possuir "barrigueira" (para dividir o peso pelo quadril) e ter o tamanho mínimo de 60 Litros. 


CANTIL:

Ao contrário das trilhas curtas, o cantil se faz muito necessário uma vez que ele será a única opção de hidratação. As famosas "garrafinhas de água", abundantes nos sinais de trânsito das capitais, são de material pouco resistente e racham ao menor impacto. Uma pequena queda de sua mochila é o suficiente para se perder a água e ainda, molhar a roupa e equipamentos.


BARRACA:



Existem diversos modelos no mercado para todos os gostos e bolsos. As ideais  são aquelas com estrutura tubular em fibra de carbono. São leves, práticas e bastante resistentes.
Engana-se quem pensa que as melhores são as mais caras. Existem diversas opções em preços bastante atraentes no mercado. As mais baratas, servem muito bem desde que se tenha alguns cuidados como impermeabilizar as costuras. Isto resolve facilmente e garante uma noite sem sustos.


BOTAS DE TREKKING:
Não são indispensáveis porém, podem evitar uma grave torção de seu calcanhar e com isso, garantir uma trilha mais segura. 
O princípio é que, ela protege sua articulação e, em caso de uma fenda ou buraco, não permite a torção. Além de proteger, existem modelos impermeáveis etc...

SACO DE DORMIR:
Em trilhas de "pernoite" seu uso é imprescindível. Estaremos em um ambiente aberto e muitas vezes sem proteção contra o vento e chuva. O material da barraca é fino e (propositadamente) permite a entrada de ar. Muitas vezes encontraremos temperaturas baixas e nada como uma noite bem "dormida" para encararmos mais um dia de trilha.

Com este material básico, você estará preparado para a maioria das trilhas longas da região sudeste. 
Por isso, vale começar agora a pesquisar preços e já estar preparado para conhecer lugares maravilhosos e MUITO POUCO conhecidos pela maioria.
Qualquer dúvida, basta escrever que terei prazer em lhe ajudar!

Grande abraço e boas trilhas!