29 de out de 2009

MICRO CLIMA

Algumas pessoas me perguntam porque existe a tal "Temporada de Trilhas" se vivemos em um pais tropical e com clima relativamente ameno o ano inteiro. Não há nevascas, furacões etc...
Bom, a natureza é um pouco mais complexa do que possa parecer. Há inúmeras variáveis e, se quisesse explicar, levaria horas e não seria fácil entender. Tentarei resumir aqui, um dos inimigos do praticante de Trekking durante a primavera e o verão, principalmente.
O nosso inimigo neste caso é conhecido por MICRO CLIMA. Para que possamos entendê-lo, precisamos primeiro saber que o clima é algo dinâmico em suas escalas temporal e espacial.
O micro clima é caracterizado por variações locais em ambientes naturais onde, a vegetação, o tipo de solo, a altitude  etc, determinam a predominância deste fenômeno.
Por isso, é tão comum estarmos em Teresópolis por exemplo, curtindo um belo dia de sol com direito a banhos de cachoeira e, no mesmo momento, um grupo estar sob forte tempestade no meio da travessia PETERÊ. É o efeito do micro clima em ação.
Resumindo, em um pequeno espaço físico existe a predominância de um clima adverso e característico daquela pequena região. Este fenômeno é muito característico em regiões montanhosas onde a condensação da umidade se dá de forma muito rápida e devido a evapo-transpiração e de predominância de vegetação densa e/ou latifolhadas em sua base aumentando a umidade, a formação deste micro clima é quase certo. Isto é o que torna as trilhas de altitude tão perigosas durante o verão principalmente.
Por isso, é imprescindível um conhecimento do terreno, obter (de fontes seguras) informações meteorológicas e, ainda assim, estar preparado para possíveis mudanças climáticas repentinas.
No final do mês de Abril ocorre a abertura  oficial da Temporada de Trilhas , que segue normalmente até o final do mês de Agosto. É durante o inverno  a época mais seca do ano e quando temos a mínima incidência de chuvas e umidade, tornando mais propícia a pratica do Trekking e Montanhismo.
Fique esperto.
Grande abraço e boas trilhas!